quinta-feira, 17 de Maio de 2012


A proteção dos antioxidantes 

Luís Filipe Freitas




Os próximos meses são, normalmente, carregados de boas energias e luminosidade, com a primavera no seu esplendor e o veraneio de junho e julho. Como maio é o mês do coração, incluímos um texto sobre este órgão, numa perspetiva oriental, relacionando-o com o elemento Fogo. Os antioxidantes são de grande importância para esta época colorida e de calor, e é de realçar a consciência ecológica de escolher produtos que beneficiem a saúde do ser humano e do planeta, pois são sugestões que salpicam os mercados, agora e mais do que nunca, que nos encantam e que continuamos a divulgar. 

A entrevista ao músico Rui Reininho é elucidativa relativamente ao quanto podem ser úteis outras vias para alcançar o bem-estar. É de aproveitar o verão e as férias para relaxar, gozar o tempo livre sem stresse, para admirar ou visitar locais únicos, seguindo, quem sabe, a sugestão de passeio desta edição, aos Moinhos do Parque Natural da Arrábida, passando pelo Forte de São Filipe, em Setúbal. Também a não perder, as conferências e os workshops anunciados na nossa agenda. Referimos ainda a argila e as algas, que devem ser apreciadas nesta altura, assim como a planta adoçante stevia, finalmente introduzida na Europa, e que é moderadamente tolerada pelos diabéticos, e não esquecendo as virtudes do sal integral, na dose certa, e um Guia para o consumo da água. 

É com especial prazer e dedicação que partilhamos convosco temas que nos ajudam e enriquecem o espírito, e fazemos sugestões de saúde gratuita, transmitindo motivação para ultrapassar os tempos difíceis que estamos a atravessar, pois não podemos esmorecer. Feliz Ecoverão!


Tempo de libertação

À descoberta de novo ânimo no ciclo da primavera

Luís Filipe Freitas




Chega a suposta primavera, fria e seca, quando a chuva deverá aparecer, quiçá com intensidade, confundindo a época da floração, pois assistimos no mês passado à rebentação da flora, o que pressupõe haver pelo menos um mês de adiantamento no calendário. É tempo de aproveitar para pensar em adelgaçar a passos largos, com exercícios e comendo com tranquilidade, resultando em menos calorias e mais felicidade. Aconselha-se desanuviar o fígado, com cuidados alimentares, e mimá-lo com as plantas da estação, referenciadas nesta edição. 

Falamos com o conhecido músico Rão Kyao, a propósito do seu novo CD, trabalho e da importância da música como complemento da espiritualidade. Incluímos um artigo denominado Terapia com Taças Tibetanas, sobre a importância do som no equilíbrio e bem-estar. Oferecemos um Guia com alternativas naturais e ecológicas para a higiene doméstica, e louvamos a empresa Sovex, nossa colaboradora, pela celebração dos seus 50 anos de existência em prol da Dietética. É importante que demos valor à energia e aos passeios pela natureza, a Castro Laboreiro (para apreciar as amendoeiras em flor), ao Hotel Príncipe da Beira, no Fundão (para nos deslumbrarmos com as cerejeiras em flor), e referindo ainda a curiosa viagem ao Parque Tayrona, na Colômbia. 

Convidamos todos os leitores a assistir ao Congresso de Naturopatia no Instituto Português da Juventude (Parque das Nações), nos dias 10 e 11 de março, onde podem, no dia 10, pelas 18 horas, ser brindados com um concerto meditativo do músico Rão Kyao, e ainda visitar o nosso stand, onde estaremos com as nossas edições. Sugerimos ainda os eventos em abril, na Exponor. 

É tempo de descobrir a, e nos conectarmos com ânimo à energia positiva da primavera, relacionada com o elemento Madeira. 

Bem hajam! Boa Páscoa!


Um mundo diferente e mais humanista

Luís Filipe Freitas




Começar o ano de forma positiva e com alternativas aos velhos hábitos pouco saudáveis, aceitando métodos mais simples de prevenção e opções de tratamento que podem ser mais económicas para todos, são sugestões nesta edição, assim como dicas para se conhecer melhor, compreender como o corpo funciona a nível da estrutura celular, que são de ter em conta na escolha dos alimentos e dos superalimentos que estão na linha do futuro – denominada Nutriterapia, Alimentação = Medicina. 

Para alguns, janeiro é o mês dos arrependimentos, depois de alguns excessos, é o retomar de uma vida saudável. Propomos cuidar do aparelho digestivo – estômago no ponto -, como baixar o ácido úrico, seguindo as regras da dieta e evitando os alimentos ricos em purinas, as tisanas de inverno, para aumentar as defesas, aquecer e prevenir as doenças da estação. Iniciamos um Guia de Saúde Holística, com novas ideias que ajudam a viver melhor e a poupar na saúde. Entrevistamos o conhecido apresentador de televisão Manuel Luís Goucha, amante de chás com apetência para os produtos biológicos, e Adelaide Ferreira, admiradora da filosofia budista e consumidora de produtos naturais. Para o mês de fevereiro, no dia de São Valentim, oferecemos aos leitores um artigo muito atual, para ajudar a entender as compatibilidades nos relacionamentos amorosos. 

Como título de capa, aludimos à dança do Dragão, na cultura chinesa este é o seu ano, de bons augúrios, sorte e prosperidade aos que o assistem, sendo bom conselheiro e valorizando a sabedoria dos mais velhos. É um ano para semear estabilidade e colher mais tarde. 

Portugal à luz da Numerologia – no gatilho da energia 11 sugere trabalhar como grande família, com espírito e coesão de equipa, saberemos com experiência dar a volta às dificuldades. Marcar a diferença, revelar confiança, saber como se pode viver com menos dinheiro mas de uma forma sã e mostrar ao mundo que é possível, regulando a justiça e a ganância e, em conjunto, seguindo o bom exemplo da Islândia, trilhar um caminho para uma melhor sociedade. 

Neste número, sugerimos a leitura do relato de uma viagem a Malaca que, 500 anos depois da presença dos portugueses, serve de motivo de orgulho. Nós, na Saúde Actual, temos sido, há mais de uma década, motivadores dos verdadeiros valores, com abnegação e com a ajuda de todos, leitores e patrocinadores, esperamos continuar a trabalhar e a divulgar um mundo diferente e mais humanista! 

Temos esperança que a palavra crise se dissipe nos próximos anos.  Este ano, retomaremos a Agenda Natura 2013 e lançaremos a Coletânea Natura. Feliz 2012, com novos projetos e boa saúde para a Humanidade e para a Terra.

Aprender novos hábitos

Luís Filipe Freitas


Numa fase em que não podemos baixar os braços, devido às contingências da sociedade, serão opções inteligentes adotarmos estilos de vida alternativos e tomarmos decisões rapidamente, para não cairmos na inércia. Estamos, aqui na Europa, no tempo das chuvas, vento e frio, por vezes com grande intensidade, o que me faz recordar as cheias e os vendavais que aconteceram há uns anos, e todos os cuidados são poucos. 

Estamos também no tempo do vinho novo, das castanhas e das festas familiares. Com o final do ano, inicia-se um outro, com a motivação e a força do ano do Dragão. Tenhamos a esperança de superar as dificuldades, apreender aquela destreza de recuperar velhos amigos, adquirir novos hábitos, que nos permitam gozar os demais anos que nos restam viver, desfrutando cada dia dos 365, com alegria e aceitação, sem esperar grandes resultados, mas vivendo bem o momento de cada etapa. Temos um ano para aprender.

É importante reforçar e alimentar agora o sistema imunitário, ter muitos cuidados com as gripes e constipações, e aproveitamos então para aludir à osteopatia integral, que ajuda a combater a dor. De cada vez que consulto um massagista ou terapeuta, este diz-me que estou tenso nos ombros ou nas cervicais, o que indicia que me descuro dos exercícios preventivos, e isso faz-me lembrar os hábitos de desporto ou dos povos orientais para manter a saúde, praticando chi kung ou tai chi. Para o sexo feminino, sugerimos a dança do ventre, que além de cuidar da saúde física e mental, é uma prática que pode melhorar as relações sexuais, pois reforça a musculatura pélvica, ajuda a evitar problemas de incontinência urinária e é uma excelente forma de preparação para o parto. 
A tradição de energizar os rins nesta altura do ano merece destaque nesta edição, assim como o cacau, as receitas de Natal e a viagem a Moçambique, país amigo de grande beleza e de novas oportunidades. Destacamos também as opiniões do conhecido apresentador de televisão Francisco Mendes, e os saberes de Afonso Vieira. 

A nossa missão, ao longo de mais de uma dezena de anos,        tem sido sempre alcançada com independência e vontade de divulgar saberes ancestrais, globais e ecológicos, seguindo o rio da vida, espalhando esses saberes no seu leito, evoluindo espiritualmente em direção ao grande oceano.

Estímulos para o regresso

Luís Filipe Freitas



Supondo que agosto é o fim das férias e setembro o inicio do “ano novo”, de volta ao trabalho e aos estudos, podemos converter este regresso num incentivo para nos cuidarmos, mudar alguns maus hábitos, adotar uma melhor postura e estilos de vida. Para prevenir alguns problemas de saúde, podemos mimar-nos com uma boa massagem relaxante para recarregarmos energia para o retorno ao trabalho quotidiano. E aproveitar para sermos mais ecológicos e encontrar estímulos que podem ser proveitosos. 


Propomos para este número de rentrée sugestões de cuidados para a pele, após o sol, e ainda as propriedades dos frutos da época, com os quais a estação nos brinda. Apontamos dicas alternativas de ajuda para algumas doenças e cuidados para as situações inerentes à chegada do outono, o tempo do vento e dos momentos de introspeção, com uma psicologia positiva que influencia um estado de fluidez e que ensina a superar e deixar correr as atividades mais aborrecidas. 


Outubro é a melhor altura para nos prepararmos e fortalecermos para o inverno. Incluímos alguns artigos nesse sentido e sugerimos visitas a SPA e termas, em particular ao Luso e zona envolvente. As entrevistas a Nelson Évora e a João Baião, pelo seu livro, o texto sobre as terapias com animais, e a Feira Alternativa, de setembro, em Belém e a Feira Bio, em outubro, no Porto, também merecem destaque. Damos ainda exemplos de iniciativas curiosas de incentivo ao empreendedorismo nacional, estimulantes para a nossa economia. 


Esperamos que os nossos leitores nos ajudem a melhorar e a contribuir para a divulgação de temas para a proteção da saúde, mas também de hábitos e de estilos de vida, e de iniciativas positivas para a valorização do nosso património. São várias as áreas, como a ecologia, a alimentação biológica, os SPA, as termas, as plantas, as técnicas de relaxamento e as novas tendências, com as quais temos contribuído, enquanto pioneiros, o que nos torna, neste momento, uma revista cada vez mais atual.


Iniciamos nesta edição um restyling ao grafismo da revista, estando prevista a    modernização do logótipo. E já aderimos ao novo acordo ortográfico. Bem hajam!


segunda-feira, 11 de Janeiro de 2010

Revista Saúde Actual 37

Ano novo, vida nova.
12 meses para melhorar a sua vida

Na maior parte das vezes, começo o editorial abordando o tempo atmosférico que se faz sentir… estamos agora na altura das chuvas e do frio, tal como é habitual, mas que este ano surgiram de repente e com grande intensidade… associo esta situação à (falta de) qualidade ambiental nos dias de hoje. E num ano dedicado à biodiversidade, protecção do meio ambiente e das espécies, devemos respeitar os animais e o seu habitat, que correm o risco de se extinguirem, restando apenas alguns espécimes em cativeiro ou catalogados.

É importante reduzir os níveis de poluição e, nesse sentido, Copenhaga foi adiada até ao próximo sinal vermelho…gostaria então de chamar a atenção para um grande problema da sociedade actual, o lixo. Os estados deviam preocupar-se em reduzir e reciclar devidamente pois a Terra começa a dar sinais de asfixia… a humanidade tem de mudar a sua maneira de viver e temos que alterar os nossos comportamentos individuais… sugiro um pequeno exemplo: alguém se dispõe a não comer carne ou peixe pelo menos um dia por semana, aproximando-se da dieta "paleolítica", assim já denominada por alguns cientistas, e que se provou evitar algumas doenças urbanas? São pequenos gestos, para começar bem o ano, e terminá-lo ainda melhor. Por outro lado, não nos podemos esquecer da importância das minhocas, pequenos produtores de húmus, fonte da fertilidade da terra, e deixo ainda um louvor a todos os activistas e pioneiros nestas causas, alguns esquecidos pelos media.

Nesta edição, damos realce a um guia natural para os males de inverno, à gripe, que merece sempre cuidado nesta altura, à síndrome metabólica, problema de saúde associado à obesidade, à importância da alimentação no desenvolvimento da acne, e apresentamos uma viagem ao Japão, cujos hábitos saudáveis, como as massagens e as termas, deverão ser tidos como exemplo. Sugerimos ainda uma visita ao simpático Essentials SPA, no Bairro Azul em Lisboa, para o qual oferecemos um desconto. Falámos com o grande humorista Herman José, que esperamos que se mantenha inspirado, continuando a animar os portugueses nesta época mais difícil. Por fim, oferecemos-lhe a previsão dos astros para o novo ano, o ano do Tigre segundo o calendário chinês, um ano que esperamos que seja bem melhor, com trabalho, rigor e positivismo para todos.

A nossa revista faz 10 anos e iremos comemorar com os leitores, patrocinadores e colaboradores, com iniciativas diversas, para além do lançamento de novas publicações, como por exemplo, um livro sobre gripes e uma segunda edição (melhorada e actua-lizada) da Colectânea Natura. Votos de muito amor e um ano me-lhor para todos em 2010.

sexta-feira, 18 de Dezembro de 2009

Revista Saúde Actual 36

As defesas
naturais e o
rejuvenescimento
Os segredosda longevidade



Nos meses de Novembro e Dezembro, o tempo parece voltar ao normal, regressa a chuva, com todos os problemas de escoamento, nas sarjetas e entulhos de obras, e, à semelhança do que aconteceu há dois anos, as cheias. Este deveria ser o cuidado antecipado das autarquias, para minorar as consequências desagradáveis. Devemos acreditar no que alguns cientistas apregoam, que teremos uma Primavera e um Verão a começar mais tarde, com um mês de diferença?

Nesta edição, voltamos a incidir no reforço das defesas do nosso organismo, com o texto "Vias respiratórias livres", as sugestões re-lativas à equinácia, que, segundo um estudo suíço, contribui para o fortalecimento do nosso sistema imunitário, e ao magnésio, mineral de extrema importância e que parece escassear nos solos. Não esquecemos a nutrição para a época que se aproxima, os cuidados do “saber comer” e dos efeitos desses cuidados, mesmo a nível estético e para uma maior longevidade. Damos também relevância ao rejuvenescimento, tendo como testemunho o Dr. Dr. Bokkulla Ramashandra Reddy, médico ayurvédico que entrevistámos aquando a sua passagem por Lisboa, no mês passado, e que nos deu conselhos muito interessantes, como por exemplo a utilização das flores da árvore painera (que se encontra na Praça da Alegria, em Lisboa) para os cuidados íntimos femininos. Seguimos com uma entrevista a Elsa Raposo, uma figura bem conhecida do público pelas suas mudanças e cuidados de saúde. Falamos ainda do harpago, uma planta anti-inflamatória para os eventuais problemas do início do frio, damos conselhos para combater as gripes e oferecemos, juntamente com o artigo de beleza Green Peeling, uma experiência de tratamento da pele numa clínica em Cascais (saiba como concorrer na página 47). Desta vez, sugerimos uma viagem radical pelo rio em Melgaço e a visita ao SPA Six Senses da Penha Longa, em Sintra, com uma excelente atmosfera, a envolvência com um local maravilhoso e a energia que nos transmite. Ao usufruir de uma massagem, terá certamente uma experiência memorável.

Melhorámos a nossa Agenda Natura 2010, que aconselhamos até como prenda de Natal, e também a nossa presença no canal Sapo Saúde, uma excelente forma de proporcionar a leitura de artigos anteriores na internet. Continuamos a tentar evoluir, aperfeiçoando a nossa revista com assuntos sérios, com a ajuda dos nossos patrocinadores e amigos e agradecendo aos nossos colaboradores nesta difícil missão de procurar novas formas (algumas milenares) de alcançar o conhecimento e o bem-estar. Feliz 2010!